Anúncio

Os moradores de Avaré  foram surpreendidos na manhã desta quarta-feira (5) com uma chuva rápida, porém, intensa e que provocou alagamentos.

Segundo a Defesa Civil, a chuva durou aproximadamente 30 minutos e prejudicou sete ruas: Alagoas, Maranhão, Goiás, Espírito Santo, Sergipe, Paranapanema e Macambirá.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, todos as vias tomadas por enxurrada ficam próximas de um córrego e já possuem históricos de alagamentos. Apesar disso, o órgão informou que nenhuma casa ou comércio foi prejudicado e ninguém se feriu.

Agentes da prefeitura foram até os locais afetados junto com o Corpo de Bombeiros para monitorar a situação e evitar mais transtornos aos moradores. Eles ficaram no local até que o volume da água baixasse para que os veículos que circulavam pela área não entrassem nas ruas alagadas.

Todos os anos, a cidade sobre com alagamentos nos mesmos pontos e até hoje, grande parte dos gestores públicos não deu início a qualquer projeto ou iniciativa que vise acabar com o problema de fato.

O prefeito reeleito Jô Silvestre apresentou em seu plano de governo as promessas abaixo:

  • Rebaixamento da laje do Ribeirão Lajeado com método expansivo ou britado possibilitando maior volume de água e fluidez em tempos de chuva com baixo custo para o município, no trecho do Ribeirão entre as ruas Santa Catarina e Minas Gerais;
  • Ampliação e reforma das calhas dos Ribeirões Água Branca e Lajeado entre as ruas Santa Catarina, Avenida Major Rangel e São Paulo, revitalizando o local e possibilitando maior fluidez das águas vindas da área central;
  • Piscinões de contenção de águas pluviais nos bairros Vila Jardim e Vila Martins III retardando a dissipação das águas dos ribeirões Água Branca I e Água Branca II em períodos chuvosos;(MÉDIO PRAZO);
  • Bacia de contenção de águas pluviais entre as ruas Amaral Pacheco e Piauí retardando a

dissipação das águas pluviais do local evitando sobrecarregar a área central;

  • Diagnóstico das condições da galeria de toda extensão do Ribeirão São Luiz, possibilitando a readequação, limpeza e manutenção proporcionando, assim, fluidez das águas pluviais em tempos chuvosos
  • (Fonte e fotos G1)